DIA 649 – ANO III

Pela manhã, preparativos para a viagem de Mateus. Claro, não ficamos tranquilo até ele chegar em Floripa. Esta é sua primeira grande viagem dirigindo sem os pais. Ora, os pais. Se as amigas estavam junto, Coqueiros será uma festa. Esperamos até ele chegar ao destino para podermos sair de casa. Elisa Olívia levou sua bike zero quilômetro. Fomos pedalar pela beira do rio e aproveitamos para conhecer a parte esportiva da Nova Orla. Muita gente. Confraternização. Outros atirados pelos recantos. Até capoeira estava rolando. Na volta não era _Elleven¬_ (fábrica porto-alegrense) era tipo _Seven_, aquele filme horripilante. Quase morremos de tanto cansaço (só para registrar, era o segundo exercício do dia). Nosso cansaço tinha a ver com os dois anos sem fazer esse longo percurso até o Parque Marinha. Mateus em seu destino, nós agora quietinhos aqui em casa. Olho para o lado. “Voo cego”, de Fernando Borges, conta a história de Atilano, alguém recém aposentado que entra numa jornada noite adentro e mergulha em suas memórias. Bela novela. Terminei hoje.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima
Precisa de ajuda?